Header Ads

Brasil e China debatem regularização de produtos farmacêuticos

Equipes de Brasil e China debatem a regulamentação da Medicina Tradicional Chinesa no Brasil
Uma delegação chinesa, chefiada pelo Diretor do Departamento de Medicina Tradicional da China, Yu Zhibin, esteve ontem (23) em Brasília (DF), para participar de uma reunião no Ministério da Saúde, para tratar da regularização de produtos farmacêuticos da Medicina Tradicional, do país asiático no Brasil. A pauta foi debatida com uma equipe do Ministério da Saúde, composta por jocelino Menezes (Secretário Executivo Substituto), João Salame (Diretor do Departamento Atenção Básica - DAB), Patrícia Lamarão (Anvisa), entre outros.
A harmonia do Yin-Yang no corpo humano é o princípio básico da TCM
Datada de cerca de 5 mil anos atrás, a Medicina Tradicional Chinesa (Traditional Chinese Medicine – TCM) tem ganhado notoriedade no mundo todo devido a seus poderosos efeitos de cura. Comparada à medicina ocidental, a medicina chinesa adota uma abordagem bastante diferente, desde suas teorias básicas aos métodos de diagnóstico e tratamento. Definida como “um completo sistema medicinal que possui um entendimento profundo das leis e padrões na natureza e o aplica no corpo humano”, ela pretende identificar a causa das doenças e como diagnosticá-las e preveni-las mantendo o corpo sadio.
O sistema de meridianos é o princípio básico da acupuntura chinesa
 Métodos de diagnóstico
Odor e som: Outra referência para o diagnóstico, aqui os médicos coletam indícios do problema através de sons e odores emitidos pelo paciente.

Questionamento: Consiste no questionamento do paciente e de seus parentes a fim de conhecer os sintomas, evolução da doença e tratamentos prévios.

Toque: O médico mede a pulsação do paciente na artéria radial para verificar se a frequência e intensidade estão estáveis. Se estiverem variantes, há algum problema com a função orgânica.
A medição da pulsação é o único método de diagnóstico da TCM que requer o toque no paciente
Principais tratamentos
Acupuntura: Um dos tratamentos terapêuticos chineses mais famosos, consiste em inserir agulhas em pontos do corpo correspondentes ao órgão que se deseja tratar com base no Jing Luo.

Fitoterapia Tratamento que utiliza chás, compressas de ervas naturais ou combinadas entre si. É o tratamento mais comum, e assemelha-se bastante à fitoterapia ocidental, exceto pelo foco no reequilíbrio do yin-yang.
Muito vista nas últimas Olimpíadas, a ventosaterapia é uma tradição da medicina tradicional chinesa
Ventosaterapia: Técnica que consiste em colocar copos, geralmente nas costas, que sugam as toxinas do corpo. A prática não é somente uma tradição chinesa, mas tem sido praticada por centenas e milhares de anos em toda a Eurásia e África do Norte. O estilo chinês utiliza os meridianos da acupuntura e é usado para remover o yang do corpo. É indicada para tratar problemas como bronquite, insolação e condições relacionadas ao clima quente.

Massagem: Massagens utilizando técnicas de fricção, amassamento e pressionamento. Podem ser feitas apenas nos pés (que carregam terminações para cada parte e órgão do nosso corpo) ou no corpo todo. Há salões de massagem em todos os lugares da China, com diferentes funções medicinais, algumas mais apreciadas pelos chineses do que pelos  estrangeiros. 
Exercícios como o Qigong e o Tai Chi são considerados terapias preventivas
Para João Salame, é necessário o Ministério da Saúde regulamentar o uso da Tradicional Medicina Chinesa, pois alguns métodos chineses são utilizados, há anos, no Brasil sem o controle do Ministério da Saúde e da Anvisa. Alguns tratamentos são utilizados no Brasil, mas sem a comprovação científica da eficácia do método aplicado em um país ocidental.
Fontes: Com informações da China Highlights, Travel China Guide






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.