Header Ads

PC do B lança Manuela D’Ávila como candidata à Presidência

Convenção do PCdoB anuncia candidatura de Manuela d'Ávila à Presidência da República
PCdoB lançou a candidatura de Manuela D’Ávila à Presidência da República durante a convenção nacional do partido, em Brasília, nesta quarta-feira (1º). O encontro foi marcado pelo discurso de que, apesar de estar disposta a caminhar no voo solo, a legenda tentará a união da esquerda “até o último instante” – ou seja, que até o final das convenções partidárias, no domingo, os comunistas ainda poderão rever a decisão caso haja um improvável acordo com PT, PDT, PSB e PSOL.
Seguindo na disputa, Manuela será a primeira candidata própria do PCdoB à Presidência desde a redemocratização. Em todas as últimas eleições, os comunistas estiveram ao lado do PT, apoiando as candidaturas dos ex-presidentes Lula (entre 1989 e 2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014). Não foi definido quem será o candidato a vice na chapa. 
Durante o discurso, ela prometeu combater o “desmonte” que acusa o governo do presidente Michel Temer (MDB) de ter promovido nos serviços públicos, em especial na educação e na saúde. “Nossa candidatura é a construção da saída contra a grave crise que o Brasil enfrenta”, afirmou. Formada em Jornalismo, ela foi presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), vereadora de Porto Alegre, deputada federal e é deputada estadual desde 2015.
A agora candidata também fez uma defesa da liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba desde o último dia 7 de abril. “Enquanto estamos nós reunidos em Brasília, aproveitando o que resta da nossa liberdade de livre-organização, o maior líder popular da história do Brasil está encarcerado injustamente sendo inocente”, criticou, completando que, para ela, “a democracia brasileira está presa naquela cela em Curitiba”.
Fonte: Revista Veja

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.