Header Ads

Polícia Civil identifica e tenta prender esposa do matador do Prof. Ederson Costa

Especulações apontam que Thaís Rodrigues acumula um rosário de problemas
O Delegado Titular da 21ª Seccional de Polícia Civil de Marabá, Vinicius Cardoso, afirmou hoje (10), à tarde, que esteve pessoalmente na cidade de Imperatriz (MA), onde sua equipe prendeu o soldado PM Felipe Freire Sampaio Gouveia, acusado de ser o assassino do Prof. Ederson Costa, na madrugada do dia 4/8/2018, em frente ao Sesi de Marabá, covardemente e por motivo fútil. Na mesma diligência, os policiais civis tentaram prender a esposa do assassino, Thaís Santos Rodrigues, cúmplice do Sd Gouveia na morte do professor do IFPA, mas ela conseguiu escapar do cerco policial.
Delegado Vinicius Cardoso: Thaís será presa a qualquer momento
Segundo o Delegado Vinícius Cardoso, Thaís está sendo procurada também em Marabá e em outras cidades e estados. “A prisão da acusada pode ocorrer a qualquer momento”, afirmou o Diretor da Regional de Marabá. Thaís está sendo vista como a principal incentivadora da morte do Prof. Ederson Costa. O delegado Vinícius Cardoso solicita apoio da sociedade para indicar o esconderijo da fria Thaís Rodrigues, pois o crime bárbaro de Ederson Costa chocou o Brasil.

Prof. Ederson Costa foi morto por motivo fútil
Pessoas próximas à família de Thaís Rodrigues afirmam que ela vai se entregar para Polícia Civil, estaria apenas terminando de definir qual advogado irá apresentá-la à autoridade policial. A denúncia deverá ser feita pelos números ligue para (94) 3312 3350 (Disque-Denúncia) ou (94) 98198 3350. Você terá anonimato garantido.

Um comentário:

  1. Triste como as pessoas tira a vida de outro assim . As pessoas estão perdendo o amor ao próximo .

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.