Header Ads

Polícia prende matadores do Ex-Jogador “João Babaca”

Jardel Alves teria sido o mentor do assalto seguido da morte de João Batista
Após um intenso trabalho de investigação, o Departamento de Homicídios da Polícia Civil de Marabá (PA), prendeu três homens, sexta-feira (27), acusados de envolvimento no assassinato do trabalhador João Batista Oliveira Pinto, 58 anos, conhecido como “João Babaca”, crime ocorrido na Rua Espírito Santo, bairro Laranjeiras, no início da tarde do dia 23/5/2018, por volta de 13 horas, quando a dupla disparou vários tiros na vítima.
A Polícia Civil prendeu primeiro os possíveis autores dos disparos, cujos nomes ainda não foram revelados. Durante as investigações, os dois supostos homicidas “derrubaram” um vizinho de “João Babaca”, conhecido com Jardel Alves. Segundo o trio, o alvo seria outra pessoa da família que estaria de posse de uma certa quantia em dinheiro. Neste momento, João Batista teria travado luta corporal com os meliantes e acabou sendo atingido por vários disparos de arma de fogo.
Na época do crime, João Batista ainda foi levado com vida para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Nos últimos anos, a vítima vinha trabalhando como motorista em uma distribuidora de bebidas. Presos, o Ministério Público deverá oferecer denúncias contra os três acusados, após essa etapa, eles deverão ir a júri popular, se forem condenados, deverão passar longos anos atrás das grades. Depois dos procedimentos na 21ª Seccional de Polícia Civil, eles foram transferidos para o Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama).
Obs: Notícia sujeita a alteração.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.