Header Ads

2º Turno no Pará: Verdades e mentiras por trás das pesquisas eleitorais

Após a contagem dos votos do 1º turno para o governo do estado do Pará, ocorrido no dia 7/10/2018, Helder Barbalho (MDB) venceu com mais de 1 milhão e 800 mil votos. Helder ganhou com uma diferença de 700 mil votos e ficou em primeiro lugar em 121 municípios do estado. No 2º turno, o candidato Márcio Miranda vem insistentemente, afirmando que alcançou o chamado “empate técnico” ou já “virou o jogo” a seu favor, mostrando números irreais através de um instituto de pesquisa. A não ser que todas as outras pesquisas já realizadas, no Pará em 2018, não mostraram a vontade do povo paraense. 
Evolução das pesquisas
A Pesquisa do instituto de Márcio Miranda para o governo do Estado do Pará, divulgada no domingo, 30/9/2018, faltando apenas uma semana para as eleições, apontava os seguintes resultados: Helder Barbalho (MDB) 38,6%, Márcio Miranda (DEM) 26,8%. No entanto, depois de finalizar a contagem dos votos, obteve-se os seguintes números: Helder Barbalho 47,69% dos votos válidos contra 30,21% de Márcio Miranda. Um erro feio de quase 10% sobre os votos de Helder Barbalho. Sendo que a margem aceitável de erro de uma pesquisa séria, é 2 ou 3 pontos percentuais para mais ou para menos. 
O instituto de Márcio Miranda divulgou na manhã deste domingo, 21, a segunda pesquisa oficial de intenção de votos para o Segundo Turno das eleições ao Governo do Pará. Helder Barbalho (MDB) obteve 45,9% e Márcio Miranda (DEM) ficou com 40,4%. Em uma análise mais aprofundada, a variação, para mais ou para menos, dos votos de Márcio Miranda (DEM), se aproxima da realidade, mas existe uma clara diminuição intencional do percentual de votos de Helder Barbalho. 
A pedido da TV Liberal, o IBOPE divulgou, quinta-feira (18), o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para governador no Pará, mostrando um quadro eleitoral muito distinto. O levantamento foi realizado entre segunda-feira (15) e quarta-feira (17) e tem margem de erro de 3 pontos, para mais ou para menos. Nos votos válidos, Helder Barbalho (MDB) aparece com 58% e Márcio Miranda (DEM) com 42%. Uma diferença bastante acentuada de 16% dos votos válidos. 
Em outra pesquisa eleitoral, divulgada pelo instituto Real Time Big Data, encomendada pela TV Record, mostra Helder Barbalho com 62% dos votos válidos. Já Márcio Miranda, candidato do DEM, aparece na pesquisa com 38% dos votos. O instituto entrevistou 1.500 pessoas no período entre 13 e 14 de outubro de 2018. Pode-se considerar normal a diferença entre a pesquisa do IBOPE e a do Real Time Big Data, pois cada instituto adota um tipo de metodologia diferente, durante o trabalho de campo. O problema ocorre quando essa diferença só ocorre de um lado. Nesse caso, contra Helder Barbalho, mas como “o tempo é a cura para todos os males”, domingo (28), o soberano povo do Pará vai dizer quem está falando a verdade.
(Por Pedro Souza)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.