Header Ads

Advogado acusa guarnição da Polícia Militar de atirar no carro da família no Pará

Uma família acusa ter sido vítima de policiais militares, na madrugada desta quinta-feira (29), enquanto viajava de Castanhal a Belém, na BR-316. De acordo com o advogado Alisson Oliveira, os policiais teriam atirado contra o carro da família, ferindo o pai com tiros no peito e no pé, além de deixar a filha com queimaduras e escoriações. 

O incidente, segundo o advogado, aconteceu na rodovia BR-316, no município de Marituba, Região Metropolitana da capital paraense. O advogado conta que os pais estavam trazendo a filha, de seis anos, para Belém, pois havia uma viagem marcada para São Paulo, onde faria tratamento médico. Ao passar pela entrada de Mosqueiro, eles foram seguidos por uma viatura da PM. 

No entanto, nas proximidades do instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), o carro começou a ser alvo de tiros, que vinham da frente e de trás do carro. Estava sendo realizada uma blitz no local. O pai acabou sendo atingido e subindo no canteiro central da rodovia. Ele foi socorrido e internado em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Em nota, a Polícia Militar disse que o caso será apurado pelo Comando de Policiamento da Região Metropolitana de Belém.
Fonte: Portal DOL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.