Header Ads

Jovem comete suicídio na frente do próprio irmão em Marabá

No início da manhã de ontem (8), a família de Diego Felipe Silva Vieira, 25 anos, divulgou o desaparecimento dele, nas redes sociais, fato que provocou uma intensa movimentação na internet, no sentido de localizá-lo. De acordo com Boletim de Ocorrência, Nº 184/2018.106142-1, registrado pela família, na 21ª Seccional de Polícia Civil de Marabá, sudeste do Pará, ele foi localizado no bairro São Félix II, em uma casa noturna, onde estaria dormindo.
De posse da informação, um irmão e a esposa de Diego Vieira se dirigiram até ao complexo São Félix II, para conversar com o desaparecido. Ao chegarem à casa noturna, Diego Felipe aceitou retornar para sua residência, queria ir pilotando a sua moto, mas foi impedido pelos familiares presentes. Segundo consta no BO, após uma longa conversa, a esposa dele retornou para casa, dirigindo a motocicleta e Diego ficou de vir na garupa da moto do irmão, depois da chegada de uma irmã que estaria a caminho. Nesse momento, a esposa saiu do local, mas ele se recusou a subir na motocicleta do irmão e se dirigiu, a pé, a uma para de ônibus. 
O Boletim de Ocorrência relata ainda que o irmão de Diego Felipe avisou a ele que não havia mais ônibus, após a meia noite no bairro São Félix II e a irmã de ambos estaria chegando para apanhá-lo. Neste momento, Diego Silva avisou que não iria retornar para casa no carro da irmã e se encostou na parada de ónibus. Enquanto o irmão fazia uma ligação para a família, ouviu uma respiração ofegante, virou-se e percebeu que Diego havia se esfaqueado no peito. “A faca ficou cravada no peito”, relatou o irmão.
Quando tentava reanimá-lo, a irmã chegou, perceberam que a chegada do SAMU iria demorar, colocaram a vítima no veículo e o conduziram ao Hospital Municipal de Marabá (HMM), com vida, onde passou por duas cirurgias, porém não resistiu aos ferimentos e morreu. Diego Felipe trabalhava como mototaxista e morava na Travessa Manaus, próximo à Feira Coberta da Laranjeiras, local onde o velório será realizado. Ele estudou vários anos na escola Anísio Teixeira e era bastante querido na comunidade. Sua morte causou muita tristeza entre amigos e familiares.



3 comentários:

Tecnologia do Blogger.