Header Ads

Ministro Pádua Andrade vistoria obras no Eixo Norte do Projeto São Francisco na Região Nordeste

As obras do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, entre os municípios de Salgueiro (PE) e Jati (CE), estarão concluídas até o fim deste ano. O trecho é responsável por dar funcionalidade ao empreendimento ao conduzir as águas do ‘Velho Chico’ rumo aos estados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Nesta terça-feira (20), o Ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, vistoriou estruturas do Projeto, reuniu-se com equipes técnicas em campo e confirmou o cronograma.  
“Estamos com 97% de execução física nesse trecho, restando apenas detalhes para a entrega. Todas as grandes estruturas para condução da água aos estados beneficiados estão prontas - estações elevatórias, túneis e aquedutos, dentre outras”, enfatizou o ministro, acrescentando que os serviços remanescentes contam com turnos 24 horas para garantir o cronograma de entrega até o final do ano. 
Parte da vistoria foi acompanhada pelo governador do Ceará, Camilo Santana, e pelo senador Eunício Oliveira. “Esta é a maior obra hídrica do Brasil. Não tenho dúvida de que vai mudar o perfil econômico do Ceará e da região Nordeste”, comentou o governador ao agradecer o empenho do ministro e das equipes envolvidas no Projeto. 
Já o presidente do Senado destacou os esforços, também, para a conclusão do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), empreendimento que levará a água do Eixo Norte a aproximadamente 4,5 milhões de habitantes na Região Metropolitana de Fortaleza. O Eixo Leste da Integração do Rio São Francisco, inaugurado em março de 2017, vem desde então garantindo o abastecimento de água a um milhão de pessoas em 35 municípios nos estados de Pernambuco e da Paraíba. 
Mais ações
Durante a agenda de trabalho no sertão pernambucano, o ministro Pádua Andrade também entregou mais de 100 unidades habitacionais a famílias que vivem em comunidades rurais na faixa das obras. Já em Jati, no Ceará, o reservatório do Projeto São Francisco que até então levava o mesmo nome do município foi renomeado. Agora, chama-se Reservatório Engenheiro Hilton Temóteo de Melo Filho, em homenagem a um servidor do Ministério que acompanha a obra desde o início.
Fonte: Assessoria de Comunicação/MIN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.